Alterosa

Alterosa

1. HISTÓRICO:

Acredita-se que as primeiras incursões pelos territórios do Sul e Sudoeste de Minas tenham ocorrido no início do século XVII. Entretanto, tais entradas parecem não ter influenciado de maneira significativa o processo de povoamento da região. Alguns estudiosos defendem que as instalações dos primeiros arraiais ocorreram na década de 1670, a partir da exploração do território mineiro pela bandeira de Fernão Dias; tais estudos afirmam que a cidade de Alterosa se constituiu como um dos primeiros arraiais do Sul de Minas Gerais.

A busca por metais preciosos, durante o século XVIII, trouxe inúmeros imigrantes para a região das minas. Vindos de diversas localidades, estes forasteiros não só povoaram aquele espaço, como também moldaram novas formas à estrutura social e econômica da colônia. Diferente do litoral brasileiro, a região das minas assumiu contornos modelados através das necessidades, interesses e identidades dos indivíduos que ali passaram a habitar. Essa sociedade de significativa mobilidade social, onde se uniam brasileiros e portugueses com o mesmo objetivo – a busca pelos metais -, passou a germinar inúmeras comunidades. Com a intensa migração para a região, uma economia de abastecimento dos mineradores passou a ser desenvolvida em área especiais, onde se exploravam a pecuária, a agricultura, o artesanato e as atividades manufatureiras.
Apesar das autoridades locais cumprirem normas e medidas de inibição de outras práticas econômicas que não a extração do ouro e diamantes, as localidades acabaram desenvolvendo intenso comércio e movimentada vida social – com manifestações artísticas, culturais e festas religiosas.

Esses povoados, demandando serviços e gerando necessidades, contribuíram para o surgimento de novos exercícios profissionais. É justamente nestes novos ofícios que se incluía o trabalho dos “tropeiros” (homens que levavam suprimentos nos leitos de mulas e se embrenhavam sertão adentro), através dos quais o interior da colônia passou a receber diversos bens necessários à sobrevivência dos trabalhadores das minas.

Alterosa e sua constituição

Para abrigar esses viajantes que realizavam longas e cansativas andanças pela região, pousadas passaram a ser construídas – foi nesse contexto que Alterosa formou-se como povoado. Segundo pesquisas realizadas em documentos da época, o lusitano José Rodrigues Moreira, vindo do Espírito Santo, instalou-se na região por volta de 1700 e transformou sua residência em pousada, iniciando um processo de desenvolvimento do povoado. Segundo a documentação, o português parece ter obtido suas propriedades através de habitantes que já residiam naquele local; entretanto, seu nome relacionou-se à fundação não por ter sido o primeiro homem a chegar naquelas terras, mas por ter dinamizado o desenvolvimento inicial da região, incentivando a fixação das pessoas do local.

A forte religiosidade cristã mostrava-se presente nos moradores da região: José Rodrigues ergueu uma capela em homenagem ao seu santo protetor, São Joaquim, e, através da imagem deste, o português acabou por dar seu nome ao córrego, sendo também utilizado para as identificações da pousada e do próprio povoado. Por estar próximo a uma serra coberta pela vegetação da mata atlântica, o local passou a ser denominado São Joaquim da Serra Negra em referência ao verde escuro que, visto è distância, apresentava-se como negro.

Segundo pesquisadores, somente a partir de 1820 que a povoação passou a apresentar significativo desenvolvimento. De 1829 a 1833, o povoado fez parte do território de São Carlos do Jacuí, Comarca do Rio das Mortes. Entre 1833 e 1850, acabou se ligando à Comarca do Rio Sapucaí. Em 1850, São Joaquim se tornou distrito de Caldas pela Lei Provincial nº 497 de 22 de junho do mesmo ano. Entre 1860 e 1938, a região permaneceu como distrito de Alfenas, para, ainda em 1938, elevar-se à condição de município através do decreto-Lei nº 148 de 17 de dezembro de 1938. Durante muitos anos, Alterosa denominou-se, ora São Joaquim da Serra Negra, ora somente São Joaquim ou até mesmo Serra Negra. Em dezembro de 1943, através de um decreto-Lei Estadual nº 1.058, o município passou a ser reconhecido por Alterosa – nome que remetia ao relevo montanhoso através da idéia de “cidade das montanhas – alta e majestosa1.”

(Re)construindo a história de Alterosa

Desde os primórdios, a região de Alterosa parece não ter exercido grande participação na extração de metais: devido ao seu relevo e vegetação, a cidade investiu nas atividades de abastecimento das minas. Sendo assim, os produtos gerados naquelas terras passaram a servir não só para a autossubsistência, como também para a exportação para outras regiões de Minas Gerais e do Brasil.

Atualmente, a economia da cidade baseia-se na agricultura e na pecuária – principais fontes de renda do município. Entre os produtos agrícolas destacam-se o arroz, café, feijão, milho, cana-de-açúcar, laranja e batata. Já na pecuária, observa-se a criação de gado bovino e suíno – para o abastecimento de carne e leite e para o uso do couro na confecção de utensílios. A produção industrial, entretanto, não apresenta grande expressividade; contudo, destaca-se a produção de tecidos, ferragens, louças, calçados, derivados do leite e outros. O comércio apresentou significativa expansão nas últimas décadas, aumentando o número de estabelecimentos.

A história de Alterosa, assim como a identidade de seus moradores, está diretamente ligada à religião.

Alterosa adquiriu lentamente sua estrutura atual. O primeiro sistema de abastecimento de água consta de 1906 a 1920. Até 1972, outros sistemas foram construídos para o suprimento do povoado; entretanto, somente naquele ano a COPASA passou a assumir o tratamento e a distribuição de água no município. A energia elétrica, por sua vez, chegou à cidade em 1924, mas somente em 1965 a distribuidora estatal CEMIG passou a ser a fornecedora de Alterosa. Em relação ao sistema de saúde municipal, até 1975 a Prefeitura procurava indicar aos pacientes tratamentos em outros municípios. Somente naquele ano foi erguido o primeiro hospital municipal da cidade.

Já o quadro da educação de Alterosa apresentou significativo desenvolvimento no decorrer da história do povoado: a primeira escola pública foi criada em 1897; o aumento da quantidade de estabelecimentos de ensino obteve tamanha expressividade que, nos fins da década de 1980 e início da de 1990, já existiam 14 estabelecimentos que atendiam em torno de 300 crianças. Atualmente, o município possui mais de 12 escolas nas seguintes ordens: Oito escolas municipais (cinco rurais nucleadas e uma no Distrito do Divino Espírito Santo); duas estaduais, e duas creches.

 

2. ASPECTOS NATURAIS:

Alterosa localiza-se na região Sul do Estado de Minas Gerais e ocupa um território com cerca de 367 Km² que é limitado pelos municípios: Areado – ao Sul -, Alfenas – ao Leste -, Carmo do Rio Claro – ao Nordeste -, Conceição da Aparecida – ao Norte -, Nova Resende – a oeste – e Monte Belo – a Sudoeste. Sua temperatura varia de 0º centígrados a 30º pela mínima e máxima anual. Duas serras molduram a região: Serra dos Chagas e Serra Negra, sendo esta a 1.227 metros acima do nível do mar. Alterosa possui uma altitude de

840 metros e seu relevo apresenta uma topografia plana, sendo 75% ondulado e 15% montanhoso, o que acaba favorecendo uma economia agropastoril. O índice médio pluviométrico anual é de 1.638 mm . O município é banhado pelo Ribeirão São Joaquim e pelo Córrego Quilombo, que deságuam no Rio Grande e posteriormente no lago formado pela represa de Furnas, que ocupa uma área alagada de 18,36 Km².

HISTÓRIA DA BANDEIRA E DO BRASÃO

 

A bandeira de Alterosa foi criada pelo heraldista Arcinoé Antonio Peixoto de Faria e instituída oficialmente, como símbolo do município, em 31 de maio de 1969, pelo prefeito, na época, Timótheo de Souza Netto.

A elaboração do símbolo do município foi o de esquartelado em cruz e em sautor e terciado, sendo adotado o estilo oitavado. O Brasão simboliza o Governo Municipal e o retângulo onde é aplicado representa a própria cidade. As faixas que partem desse retângulo dividindo a bandeira em quartéis representam a irradiação do poder municipal a todos os quadrantes do território e os quartéis as propriedades rurais existentes no município.

A cruz pátea de goles e vasia de prata foi o primeiro símbolo a tremular em terras brasileiras e na bandeira de Alterosa é uma homenagem ao fundador do município, o português José Rodrigues Moreira. O duplo mantel de sable simboliza a Serra Negra (acidente geográfico), cujo nome serviu para denominar a cidade, desde a sua emancipação até o ano de 1943, quando foi alterado para Alterosa que significa “Cidade das Montanhas”.

Sobre o mantel a trompa de caça estilo boiadeiro, simboliza a pecuária, um dos esteios da economia municipal. Nos ornamentos exteriores, a haste de arroz e a cana de milho lembram os produtos oriundos da terra dadivosa e fértil, e no listel de goles (vermelho), cuja cor simboliza coragem, audácia, valentia e em letras de prata, o topônimo identificador ALTEROSA.

Composto em agosto de 1969

Música : Geraldo Aprígio de Paula

Letra: Bolívar Boanerges da Silveira

 

Download do Hino

 

Cantemos um hino de louvor

Com entusiasmo e contentamento

Saudando, cheios de grande amor,

A terra de nosso nascimento !

 

ESTRIBILHO : Salve nossa terra gloriosa !

Louvemos sua grande beleza !

Salve nossa querida Alterosa,

Preciosa flor da natureza Bis

 

Teus filhos saúdam-te contentes,

Na voz trazendo bela palma,

Em nossos brados de amor ardentes,

Alterosa, vida de nossa alma!

 

ESTRIBILHO : Salve nossa terra gloriosa !

Louvemos sua grande beleza !

Salve nossa querida Alterosa,

Preciosa flor da natureza Bis

 

Ao longe o perfil de altos montes,

A cercar-te em laurel de glória,

Fazem que para o mundo tu apontes,

O esplendor de toda a tua história!

 

ESTRIBILHO : Salve nossa terra gloriosa !

Louvemos sua grande beleza !

Salve nossa querida Alterosa,

Preciosa flor da natureza Bis

Unidade federativa: Minas Gerais

Mesorregião: Sul/Sudoeste de Minas IBGE/2008 1

Microrregião: Alfenas IBGE/2008 1

Municípios limítrofes: Carmo do Rio Claro, Alfenas, Areado, Monte Belo, Nova Resende, Conceição da Aparecida

Distância até a capital: 324 km

O Distrito Divino Espírito Santo é comumente conhecida por Cavacos. As explicações em torno dessa singularidade pautam-se no próprio cotidiano dos moradores, haja vista que são os mesmos que revigoram essa qualificação para o lugar.

“Não se sabe ao certo,origem do nome Cavacos . mas acredita-se que em 1905, um morador por nome Tertuliano, construiu uma cabana para lavrar e serrar a madeira existente no local, destinada a fabricação de móveis, engradamento de casas, instalações rurais e outras utilidades.

O nome ‘CAVACOS’, surgiu de um amontoado de restos das peças serradas e lavradas a machado, conhecidos como cavacos. Daí em diante os moradores da região passaram a identificar o local como ‘CAVACOS’, que servia como ponto de referência e hospedaria aos tropeiros que por ali passavam”.

ASPECTOS NATURAIS de Cavacos.
Cavaco se estende por uma área de aproximadamente 90 quilômetros quadrados, situado a 12 km da sua sede Alterosa. A população atual atinge um número aproximado de 3.800 habitantes. Outros centros próximos são Conceição da Aparecida (18km), Carmo do Rio Claro (27km), Areado (24km) e Alfenas (56km).
A paisagem apresenta um aspecto pouco urbano, predominando os elementos naturais. A altitude média alcança aproximados 840m, sendo a topografia distribuída em 20% de área plana, 60% ondulada e 20% montanhosa; os principais acidentes geográficos são a Serra dos Araújo e a Serra da Boa Vista.

Segundo relatório da FUNDEC, ” predomina na região o latossolo vermelho claro, fase cerrado, solo ácido com boa estrutura física, . Tais condições acabam por viabilizar as atividades agrícolas,

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

1.1. Os termos abaixo se aplicam aos serviços oferecidos pela ALTEROSA DIGITAL, a maiores de 18 anos, moradores na cidade de Alterosa há mais de 1 (um) ano, possuir computador compatível com os sistemas operacionais, windows 98/00/xp/7/8; MAC OS, ou Linux, possuir sistema de recepção wireless com a freqüência 2.4 ghz ou 5,8 ghz.
1.2. As concessões ficarão limitadas a capacidade do link contratado, divido por 320 kbps por ponto de recepção, .

2 CONTA DO USUÁRIO, SENHA E SEGURANÇA.
2.1. Todo usuário que deseje utilizar qualquer serviço personalizado da ALTEROSA DIGITAL receberá uma conta e uma senha após completar seu processo de registro. O usuário é inteiramente responsável pela confidencialidade da sua conta e senha, bem como de qualquer atividade que ocorra no âmbito da sua conta.

22. O usuário poderá alterar sua senha de acesso ao sistema ou de conta de e-mail, mediante solicitação enviada ao GERALDI (Gerência da Alterosa Digital).
2.3. O usuário concorda em notificar imediatamente a ALTEROSA DIGITAL sobre qualquer uso não autorizado de sua conta ou qualquer quebra de segurança de seu conhecimento. Concorda também em não deixar seu e-mail aberto em seu computador ao final de cada sessão.

3 POLÍTICA DE PRIVACIDADE

31. Faz parte da política da ALTEROSA DIGITAL respeitar a privacidade de seus usuários. A ALTEROSA DIGITAL não irá, portanto, divulgar as informações relativas a um usuário a terceiros, exceto nos casos expressamente previstos nos termos do presente (cláusula 8 abaixo) ou a menos que seja obrigada a fazê-lo por lei.

3.2. No tocante aos e-mails a ALTEROSA DIGITAL os considera correspondência privativa trocada entre o remetente e o destinatário. Assim sendo, a ALTEROSA DIGITAL não irá monitorar editar, acessar ou divulgar informações relativas a um usuário ou ao conteúdo de suas comunicações privativas. No entanto, o usuário expressamente concorda que a ALTEROSA DIGITAL poderá fazê-lo se acreditar que tal atitude é necessária e for obrigado:
1. Para cumprir disposição legal;

2. Para cumprir algum procedimento legal, inclusive para cumprir qualquer ordem judicial ou de qualquer órgão regulatório competente;
3. Para fazer cumprir os termos do serviço;
4. Para responder reclamações de que tal conteúdo viole direitos de terceiros; ou;
5. Para proteger o interesse da ALTEROSA DIGITAL ou de terceiros.

3.3. O usuário reconhece e aceita as cláusulas acima e autoriza o acesso ao diretório e conteúdo de mensagens de e-mail recebidos e enviados através do GERALDI, conforme o caso e desde que utilize tais serviços, por parte da ALTEROSA DIGITAL, se houver necessidade de identificar e resolver problemas técnicos.

3.4. O usuário reconhece e concorda que a ALTEROSA DIGITAL não endossa o conteúdo de quaisquer comunicações de usuários, conforme disposto acima, não é responsável por qualquer material ilegal, difamatório, que viole direitos de privacidade, ou que seja abusivo, ameaçador, obsceno, injurioso ou censurável de qualquer forma ou que infrinja ou possa infringir direitos de propriedade intelectual ou outros direitos de terceiros.

3.5. Não obstante o disposto acima, ao utilizar o WEBMAIL, o usuário autoriza ALTEROSA DIGITAL a monitorar seu acesso e sua navegação na rede mundial de interNET para os fins exclusivos de:
1. Fazer cumprir os termos do serviço;
2. Responder reclamações de que tal conteúdo viole direitos de terceiros;
3. Proteger o interesse da ALTEROSA DIGITAL ou de terceiros;
4. Identificar e resolver problemas técnicos;
5. Identificar grupos de perfil de usuários para orientação publicitária.

5. CONDUTA E OBRIGAÇÕES DO USUÁRIO
5.1. Como condição para se registrar e usufruir dos serviços acima mencionados, o usuário concorda em:
1. Ser maior de 18 anos;
2. Não utilizar o sistema em estabelecimento comercial;
3. Que não utilizará tais serviços para fins ilegais;
4. Não utilizar programas P2P em demasia, os quais serão monitorados.
5. Não utilizar tais serviços para transmitir/divulgar material ilegal, difamatório, que viole a privacidade de terceiros, ou que seja abusivo, ameaçador, obsceno, prejudicial, vulgar, injurioso, ou de qualquer outra forma censurável;
6. Não transmitir e/ou divulgar qualquer material que viole direitos de terceiro, incluindo, mas sem limitação, direitos de propriedade intelectual de terceiros;
7. Não enviar mensagens não-solicitadas, reconhecidas como “spam”, “junk mail” ou correntes de correspondência (“chain letters”);
8. Não utilizar tais serviços para enviar/divulgar quaisquer tipos de vírus ou arquivos contendo quaisquer tipos de vírus (“Cavalos de Tróia”) ou que possam causar danos ao seu destinatário ou a terceiros;
9. Não praticar quaisquer atos que violem qualquer lei ou regulamento local, estadual, nacional ou internacional aplicável;
10. Cumprir todas as leis aplicáveis com relação à transmissão de dados a partir do Brasil ou do território onde o usuário resida;
11. Não obter ou tentar obter acesso não-autorizado a outros sistemas ou redes de computadores conectados ao serviço;
12. Ser o único responsável pelo conteúdo dos e-mails que vier a transmitir ou retransmitir;
13. Não interferir ou interromper os serviços ou os servidores ou redes conectadas ao serviço;
14. Cumprir todos os requerimentos, procedimentos, políticas, e regulamentos de redes conectadas ao serviço;
15. Ser de sua responsabilidade providenciar todo o equipamento necessário para efetuar sua conexão à InterNET , incluindo mas não se limitando a energia elétrica,
16. Ter o acesso cancelado caso a ALTEROSA DIGITAL tome o conhecimento, por si ou por terceiros que o usuário violou qualquer termo do presente Contrato, por qualquer modo.

5.2. Se a qualquer momento durante a vigência do presente Contrato a ALTEROSA DIGITAL identificar que os dados cadastrais fornecidos pelo usuário não são corretos, o Contrato será rescindido automaticamente.

4 – GARANTIA LIMITADA
4.1. A utilização dos serviços é feita sob inteira responsabilidade do usuário. Os serviços são fornecidos gratuitamente e dependem da funcionalidade de vários fatores, como a interação de servidores e serviços de telecomunicações de terceiros, a adequação dos equipamentos do usuário e do destinatário da mensagem, etc. tendo isso em consideração, ALTEROSA DIGITAL empregará seus melhores esforços para assegurar que os serviços funcionem da melhor forma possível. No entanto, tendo em vista a natureza do serviço e o atual estado da técnica referente às comunicações e transmissões eletrônicas de dados via internet, ALTEROSA DIGITAL não pode garantir que os serviços funcionem corretamente, podendo inclusive ocorrer extravio, divulgação ou violação por parte de terceiros não autorizados, como por exemplo, “hackers”, de informações pessoais armazenadas no ALTEROSA DIGITAL. O usuário é aconselhado a não confiar exclusivamente nos serviços para enviar informações importantes ou confidenciais. A ALTEROSA DIGITAL não será responsabilizada por qualquer falha resultante de seus serviços.
4.2. A ALTEROSA DIGITAL não oferece garantias de qualquer natureza com relação aos seus serviços, sejam expressas ou implícitas.
4.3. A ALTEROSA DIGITAL não garante que os serviços serão adequados às necessidades do usuário ou que os serviços serão prestados de maneira ininterrupta, segura, ou livre de erros.
4.4. O usuário reconhece e concorda que qualquer material e/ou informação obtido através dos serviços ou de sua utilização será de sua exclusiva responsabilidade, especialmente no tocante a quaisquer danos que venham a ser causados ao sistema de seu computador.
4.5. A ALTEROSA DIGITAL não se responsabiliza por eventuais falhas no sistema, ainda que por motivo que lhe seja atribuível, ficando estabelecido que os serviços da ALTEROSA DIGITAL sejam fornecidos tal como estiverem disponíveis.
4.6. A ALTEROSA DIGITAL não é, e nem será responsável (I) pela qualidade da conexão do computador do usuário à interNET em qualquer circunstância, (II)
pela disponibilidade ou não dos serviços de acesso à interNET prestados por terceiros, (III) pela impossibilidade de utilização de quaisquer dos serviços ou licenças de software acima mencionados em razão da incompatibilidade dos serviços e/ou das licenças com a configuração técnica do computador do usuário, (IV) pela desobediência, por parte do usuário, das regras e condições de uso estabelecidas por cada um dos provedores de acesso aos quais o usuário tente se conectar, (V) por quaisquer danos sofridos pelo usuário em razão da incorreta utilização dos serviços fornecidos pela ALTEROSA DIGITAL, (VI) pela reparação de danos de qualquer natureza causados pela quebra de privacidade ou segurança de dados do usuário durante a conexão de seu computador a interNET através de terceiros, independentemente, inclusive, da conexão ter sido realizada através de software fornecido pela ALTEROSA DIGITAL.

5. INDENIZAÇÃO
5.1. O usuário concorda em indenizar e isentar a ALTEROSA DIGITAL, seus diretores e empregados, de quaisquer perdas, despesas, danos, reclamações ou reivindicações, incorridos por quaisquer terceiros ou incorridos ou sofridos pela ALTEROSA DIGITAL com relação ou em decorrência de qualquer uso ou transmissão através dos serviços que ocorram sob a senha ou conta do usuário e que violem os termos deste instrumento ou as condições de uso de qualquer serviço aqui previsto, quaisquer leis ou regulamentos locais, nacionais ou internacionais aplicáveis, ou quaisquer direitos de terceiros.

6 USO DE INFORMAÇÕES DO REGISTRO
6.1. Exceto pelas informações obtidas pela ALTEROSA DIGITAL através do monitoramento mencionado na cláusula 4 acima, que somente poderão ser utilizadas ou divulgadas nos termos mencionados em referido dispositivo, o usuário expressamente autoriza a ALTEROSA DIGITAL, ou alguém por ela indicado, a revelar as informações de registro e as informações sobre utilização dos serviços da ALTEROSA DIGITAL, para fins comerciais, inclusive de marketing.
6.2. O usuário concorda expressamente que a ALTEROSA DIGITAL não terá qualquer responsabilidade sobre a utilização das informações por ela reveladas conforme expressamente autorizado, pelo que o usuário expressamente isenta a ALTEROSA DIGITAL de toda e qualquer responsabilidade, incluindo, mas não se limitando à transmissão ao usuário de mensagens que contenha material (i) ilegal, vexatório, difamatório, invasivo à privacidade, abusivo, ameaçador, prejudicial, vulgar, obsceno, injurioso, ou de qualquer forma censurável; (ii) que viole direitos de terceiro, incluindo, mas sem limitação, direitos de propriedade intelectual de terceiros; (iii) que viole qualquer lei ou regulamento local, estadual, nacional ou internacional aplicável; (iv) que contenha vírus, arquivos do tipo “Cavalo de Tróia”, ou outro programa prejudicial; ou (v) não-solicitado (“spam” ou “junk mail”), correntes (“chain letters”).

7. MODIFICAÇÃO DOS SERVIÇOS E DOS TERMOS DOS SERVIÇOS
7.1. A ALTEROSA DIGITAL poderá eventualmente modificar os termos dos serviços aqui especificados ao seu exclusivo critério e sem necessidade de notificação prévia.
7.2. A ALTEROSA DIGITAL reserva-se o direito de modificar ou descontinuar qu
quaisquer um de seus serviços a seu exclusivo critério e sem notificação prévia.

8. DISPOSIÇÕES GERAIS
8.1. Os termos dos serviços e o relacionamento entre as partes serão regidos pelas leis da República Federativa do Brasil, sem consideração a qualquer disposição sobre conflito de leis. Usuário e a ALTEROSA DIGITAL concordam em submeter-se à competência única e exclusiva dos tribunais localizados no Brasil.
8.2. Os títulos das cláusulas nos termos do serviço foram inseridos apenas por conveniência. Do mesmo modo, as expressões “serviços” e “conta de usuários” são utilizadas apenas para facilitar o entendimento uma vez que não existe qualquer remuneração por parte do usuário. Tais títulos e expressões não alteram a natureza do compromisso e não possuem quaisquer efeitos legais ou contratuais.

9. RESCISÃO
9.1. Caso queira rescindir esse Contrato a qualquer tempo, basta que o usuário deixe de utilizar os serviços por um período de 45(QUARENTA E CINCO) dias consecutivos e ininterruptos.
9.1.1. A ALTEROSA DIGITAL irá considerar como usuário inativo qualquer usuário que fique 45 (QUARENTA E CINCO) dias consecutivos e ininterruptos sem utilizar quaisquer um dos serviços, sem a prévia comunicação a administração do sistema.A ALTEROSA DIGITAL reserva-se o direito de, a qualquer tempo e ao seu exclusivo critério, cancelar a conta de usuários inativos.
9.1.2. O usuário fica ciente e aceita que ao cancelar uma conta de usuário, A ALTEROSA DIGITAL não será responsável por quaisquer arquivos, documentos, e-mails e quaisquer outros tipos de informações da referida conta que estejam armazenadas no ALTEROSA DIGITAL. O cancelamento implica também na impossibilidade de uso do e-mail, incluindo, mas não limitado a, receber, ler e enviar mensagens a partir da referida conta.

10. IDIOMA
10.1. É vontade expressa das partes que o presente instrumento, assim como todos os documentos relacionados ao mesmo seja redigido em português.

11. NOTIFICAÇÃO
11.1. Todas as notificações a qualquer das partes devem ser feitas por escrito, via e-mail ao endereço: suportedigitalalterosa@hotmail.com. Não obstante a cláusula 10, ALTEROSA DIGITAL poderá divulgar notificações ou mensagens através de E-MAIL ou PÁGINA ELETRÔNICA – www.alterosa.mg.gov.br, para informar o usuário de mudanças nos serviços ou em seus termos, além de outros assuntos relevantes.

Alterosa, 2 de março de 2009